quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

entre a segurança e a liberdade

"Para ser feliz há dois valores essenciais que são absolutamente indispensáveis [...] um é segurança e o outro é liberdade, você não consegue ser feliz e ter uma vida digna na ausência de um deles. Segurança sem liberdade é escravidão. Liberdade sem segurança é um completo caos. Você precisa dos dois. [...] Cada vez que você tem mais segurança você entrega um pouco da sua liberdade. Cada vez que você tem mais liberdade você entrega parte da segurança."

_Sygmunt Baumann

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

I am

"I am profoundly enchanted 
by the flowing complexity in you."

__John Keats,
em carta para Fanny Brawne,
datada de 5 de novembro de 1820

the real lord of the rings



bonito.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

diferenças

“It’s not the load that breaks you down, 
it’s the way you carry it.”

__Lou Holtz

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

X-ray Art


pelo físico Arie van't Riet, Holanda.


sábado, 21 de dezembro de 2013

selvagens




louca para um dia ver cavalos selvagens de perto.

| fotos: pela canadense Irene Suchocki, em Camargue, França.

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

tem que ver




Alabama Monroe (The Broken Circle Breakdown), lindo.

apenas acontece

"Um ato de amor é como ver uma pessoa que pegou no sono no sofá e, sem pensar, cobri-la com um cobertor. Não tem o pensamento “puxa, como sou uma boa pessoa” ou o desejo de se receber algo em troca. Só acontece."


em frente

"Nunca desencoraje alguém que continuamente faz progresso, 
não importa quão devagar." 

__Platão

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

.

"The quieter you become, the more you can hear."

__Ram Dass

por onde começar

"Se fosse ensinar a uma criança a beleza da música
não começaria com partituras, notas e pautas.
Ouviríamos juntos as melodias mais gostosas e lhe contaria
sobre os instrumentos que fazem a música.
Aí, encantada com a beleza da música, ela mesma me pediria
que lhe ensinasse o mistério daquelas bolinhas pretas escritas sobre cinco linhas.
Porque as bolinhas pretas e as cinco linhas são apenas ferramentas
para a produção da beleza musical. A experiência da beleza tem de vir antes".

Rubem Alves

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

tá de bobeira?



Assiste isso, hilário.
A Fabi me fez dar gostosas risadas.
Os três competidores estão umas figuras, as músicas transportaram a bons velhos tempos e o Joseph Gordon Levitt tá uma graça (como sempre).

sábado, 14 de dezembro de 2013

"Os místicos são aqueles que concordam que sua religião é basicamente idêntica em essência a outras religiões místicas – 'eles chamam de muitas maneiras Aquele que realmente é Um'. Agora, você não encontra um crente mítico, por exemplo, um protestante fundamentalista, dizendo que o Budismo também é um caminho perfeito para a salvação. Crentes míticos afirmam que eles possuem o único caminho porque baseiam sua religião em mitos exteriores, que são diferentes entre si; eles não compreendem a unidade interior oculta nos símbolos exteriores; os místicos o fazem."

Ken Wilber

em "Graça e Coragem".

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

sempre

ai, pai.
que saudades imensas de você.
sempre.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

the mountain



em El Teide, a montanha mais alta da Espanha.
| por Terje Sorgjerd

desse desdém

"Assim como Brooks (David Brooks), acredito que nossa cultura tem um relativo desdém pela mente inconsciente e tudo que ela representa – emoções, intuição, impulsos e sensibilidades. Para descobrir nosso propósito, temos que estar confortáveis com nossa mente não-lógica. Você deve se acostumar em não ter as respostas. Você deve tolerar a ambiguidade e aceitar as lutas. Deve se permitir sentir – profundamente sentir. Planejar intelectualmente seu caminho em direção a uma vida com propósito não funcionará nunca. Mas isso é pedir demais para a maioria das pessoas."

__Shelley Prevost


terça-feira, 10 de dezembro de 2013

me apaixonei



que delícia de som.

o que me acontecia

"Eu estava habituada somente a transcender. Esperança para mim era adiamento. Eu nunca havia deixado minha alma livre, e me havia organizado depressa em pessoa porque é arriscado demais perder-se a forma. Mas vejo agora o que na verdade me acontecia: eu tinha tão pouca fé que havia inventado apenas o futuro, eu acreditava tão pouco no que existe que adiava a atualidade para uma promessa (...)."


__Clarice
em "A paixão segundo G.H"

do que ainda não se sabe

"Temos que partir da premissa de que realmente 
não nos conhecemos muito bem."

__Ezra Bayda

witchcraft



Those fingers in my hair
That sly come hither stare
That strips my conscience bare
It's witchcraft.

(essa é sua, pai)

ser humano

"Não despreze o mistério do homem em você sentindo pena de si mesmo ou tentando racionalizá-lo. Despreze a estupidez do homem em você, compreendendo-a. Mas não se desculpe por nenhum dos dois, ambos são necessários."

Carlos Castañeda

domingo, 8 de dezembro de 2013

duende


"Em espanhol, duende não se refere apenas aqueles espíritos travessos que habitam as casas, mas, aponta sobretudo para um encanto interior difícil de explicar. Um poder misterioso que habita em nós e que transforma qualquer ação banal em uma aventura e faz o sangue correr mais rápido no corpo. 'Os grandes artistas do sul da Espanha, diz o poeta, sejam eles ciganos ou flamencos, quer eles cantem ou dancem ou toquem, sabem que não é possível nenhuma emoção sem a presença de duende.' Este duende de que fala Garcia Lorca não nasce de lugar nenhum fora de nós. Ele brota das nossas entranhas e colore de vermelho as nossas vidas apagadinhas. 'A chegada de duende pressupõe sempre uma mudança radical em todas as formas e derruba por terra os velhos hábitos'. Duende é pura paixão pela vida. O poeta continua: 'O duende ama as fronteiras, as feridas, e se aproxima dos lugares onde as formas se fundem em um anseio superior a suas expressões visíveis'."

__ Adília Belotti

controle

"Pessoas controladas estão sempre nervosas porque lá no fundo, o tumulto ainda está escondido. Se você não é controlado, mas é "solto", vivo, então não é nervoso. Não há motivo para estar nervoso -- o que quer que aconteça, acontece. Você não tem expectativas para o futuro, não está representando. Então, por que deveria ficar nervoso?

Para conseguir controlar a mente, a pessoa precisa ficar tão fria, gelada, que nenhuma energia vital é permitido entrar nos seus membros, no seu corpo. Se essa energia tiver permissão para se mover, essas repressões virão à superfície. Por isso é que as pessoas aprenderam a manter-se frias, a tocar os outros sem de fato tocá-los, a ver as pessoas e, contudo não enxergá-las. Vivemos com frases feitas -- "Olá, como vai?" Ninguém quer dizer nada com isso. Essas frases são justamente para evitar o encontro real entre duas pessoas. As pessoas não se olham nos olhos, não se seguram às mãos, não procuram sentir a energia umas das outras, não se permitem o extravasamento de emoções -- muito amedrontadas, dando apenas um jeito de ir levando as coisas, frias e mortas, dentro de uma camisa-de-força."

Osho 
Dang Dang Doko Dang Chapter 5


Comentário:

Existe um tempo e um lugar para o controle, mas se nós o colocamos presidindo as nossas vidas, acabamos totalmente enrijecidos. A figura desta carta apresenta-se encaixada nos ângulos das formas piramidais que a circundam. A luz pisca e reflete nas superfícies brilhantes da pirâmide, mas não penetra. É como se o personagem estivesse quase mumificado no interior dessa estrutura que construiu em volta de si mesmo. Os punhos estão crispados e o seu olhar é vazio, quase cego. A parte inferior do seu corpo, abaixo da mesa, é uma ponta de faca, um fio cortante que divide e separa.

O seu mundo é organizado e perfeito, mas não é vivo -- ele não pode permitir que nenhuma espontaneidade ou vulnerabilidade penetre ali. A figura do Rei das Nuvens é um lembrete para que tomemos uma respiração profunda, afrouxemos a gravata e passemos a cuidar das coisas com calma. Se houver enganos, tudo bem. Se as coisas ficarem um pouco fora de controle, isso é com certeza exatamente o que o médico prescreveu. Há muito, muito mais na vida do que estar "no controle das coisas".

via OshoTimes

sábado, 7 de dezembro de 2013

o Luiz



Sempre que me perguntam por que deixei de comer carne eu lembro do lindo Luiz Antonio.
"Esse polvo não é de verdade, né? (...) Todos esses são os animais... peixe é os animais, polvo é os animais, galinha é os animais, vaca é os animais... Então! (...) Esses animais tem que cuidar deles e não comer."

Obrigada, Luiz.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

o vazio



“You are standing in an empty room. There are no chairs and tables. They were there, but they took them away. There are no monsters from your bad dreams, although, they never were there. You are standing in an empty room, made of little pieces of stardust that carry the emptiness between them. And while breathing in and out, you feel the movement of the emptiness inside you and that the emptiness is you."

A instalação "Void” (vácuo, em inglês) propõe que as pessoas experimentem o conceito budista “Sunyata”, que seria um estado de abertura ou vazio. Vazio aqui considerado não como ausência de tudo, mas como um estado inicial, quando qualquer coisa pode aparecer.

via Da Vinci http://bit.ly/18boIVq

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

eu não sei

"Quando achamos que temos tudo planejado, 
não conseguimos aprender. O insight verdadeiro não se revela 
em uma mente que não está aberta para recebê-lo. (...) 
'Eu não sei' é poderoso."

__Marianne Williamsom

existem

"Existem pessoas altamente gostáveis, altamente rabugentas, altamente generosas, pessoas distraídas que perdem as coisas, mal-educadas que buzinam sem necessidade, pessoas conectadas que se preocupam com o lixo, pessoas apaixonadas e apaixonantes, possíveis e impossíveis, pessoas que se entregam, pessoas que se privam, pessoas que machucam, pessoas que chegam pra curar; desencadeadores de poemas, de sorrisos, de lições de vida que ficarão guardadas para sempre…"

__Marla de Queiroz

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

50 filmes que fazem parte da minha história

Sem nenhuma ordem especial:
01. Janela Indiscreta, 1954
02. Volver, 2002
03. O Silêncio dos Inocentes, 1991
04. O Senhor dos Anéis, 2001
05. Cidade de Deus, 2002
06. Forrest Gump, 1994
07. A Lista de Schindler, 1993
08. Beleza Americana, 1999
09. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, 2001
10. Cantando na Chuva, 1952
11. O Sexto Sentido, 1999
12. Clube da Luta, 1999
13. Peixe Grande
14. Diários de Motocicleta
15. A Fonte
16. Blade Runner
17. ET, 1982
18. E o Vento Levou, 1939
19. A Noviça Rebelde, 1965
20. Gandhi, 1982
21. Alien, o Oitavo Passageiro, 1979
22. Tubarão, 1975
23. O Resgate do Soldado Ryan, 1998
24. Amores Brutos, 2000
25. Quatro Casamentos e Um Funeral, 1994
26. Apertem os Cintos! O Piloto Sumiu, 1980
27. O Exterminador do Futuro, 1984
28. Gremlins
29. Elza e Fred
30. O Filho da Noiva
31. Frida
32. Matrix, 1999
33. Harry Potter,
34. Magnólia, 1999
35. Closer, 2004
36. Inception
37. Encontros e Desencontros
38. Dançando no Escuro, 2000
39. Rocky, um Lutador, 1976
40. Seven, Os 7 Crimes Capitais, 1995
41. Vanilla Sky, 2001
42. Ensaio Sobre a Cegueira,
43. Vicky Cristina Barcelona
44. O Advogado do Diabo, 1998
45. La Belle Verte
46. Pequena Miss Sunshine
47. Românticos Anônimos
48. O Amante da Rainha, 2012
49. O Segredo dos Seus Olhos,
50. Alabama Monroe,



segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

manhãs


Delhi, India, por Sean Scanlon

"I need to check my notes on where this is from. I know it's from a tomb in Delhi. An old man roped us in to a guided tour of the tomb (actually, he just followed us around and told us about everything). He was insistent we see the patterns of light that appeared at the right time of day."

- Sean

domingo, 1 de dezembro de 2013

o que?

às vezes dói.
e a gente pensa e repensa, e procura, e se revira, e se contorce. e pára.
o que será que cura esses rasgos na alma?