domingo, 27 de outubro de 2013

dois

"A true conception of the relation between the sexes will not admit of conqueror and conquered; it knows but of one great thing: to give of one's self boundlessly, in order to find one's self richer, deeper, better." 

"Uma verdadeira concepção da relação entre os sexos não admitirá conquistador e conquistado, ela sabe senão de uma grande coisa: dar de si mesmo sem barreiras, a fim de encontrar a si mesmo mais rico, mais profundo, melhor."


__Emma Goldman

crazy cats



as minhas fazem igualzinho. lindas.

aquários



Aquarium, de Nosaj Thing.
A mythical love tale.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

terça-feira, 22 de outubro de 2013

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

enquanto isso


int the Marvel Universe...
not a bad day.

via smashing picture

terça-feira, 15 de outubro de 2013

pois é



quer ficar arrepiado? versão a cappela.
pega.

via oesquema

sábado, 12 de outubro de 2013

"E ainda assim, depois de todo esse tempo, 
o Sol nunca disse para a Terra: 'Você me deve'.
Veja o que acontece com um amor assim.
Ele ilumina o céu." 

__Rumi

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

segue

Segue o teu destino, rega as tuas plantas, 
ama as tuas rosas.
O resto é a sombra de árvores alheias.
A realidade sempre é mais ou menos 
do que nos queremos.
Só nós somos sempre iguais a nós-próprios.
Suave é viver só.
Grande e nobre é sempre viver simplesmente.
Deixa a dor nas aras como ex-voto aos deuses.
Vê de longe a vida. Nunca a interrogues.
Ela nada pode dizer-te. 
A resposta está além dos deuses.
Mas serenamente imita o Olimpo no teu coração.
Os deuses são deuses
Porque não se pensam.

__Ricardo Reis, in "Odes"
(Fernando Pessoa)


ready



I would.

o estranho belo

"There is no beauty without some strangeness."

__Edgar Allan Poe

terça-feira, 8 de outubro de 2013

ele vem e mostra

Depois, bem depois, vem o tempo e nos mostra a verdade
como se fosse um passo de dança. Suave, intenso, inteiro.
Ele vem e mostra. E aí a gente olha para trás e pergunta:
por que não agi diferente?
Porque você não tinha o conhecimento que tem hoje.
Não tinha a maturidade deste momento. Não te culpa.
Não me culpa. A gente não tem culpa.”

__Gabito Nunes

hora do banho


o pequeno Emerson, bathtime outdoors.
| por Rebecca Wood

terça-feira, 1 de outubro de 2013

destino?

"Destino no sentido rígido se aplica apenas ao ser exterior enquanto ele vive na Ignorância. O que chamamos de destino é na verdade apenas o resultado da condição presente do ser e da natureza e das energias que foram acumuladas no passado agindo umas nas outras e determinando o esforço presente e os resultados futuros. Mas assim que se entra no caminho da vida espiritual, esse velho e predeterminado destino começa a regredir. Aí aparece um novo fator, a Graça Divina, a ajuda de uma Força Divina mais alta que a força do Karma, que pode elevar o buscador para além das possibilidades presentes da sua natureza. O próprio destino espiritual é então a eleição divina que sedimenta o futuro. A única dúvida está sobre as vicissitudes do caminho e o tempo que leva na passagem. É aqui que as forças hostis agindo sobre as fraquezas da natureza passada lutam para evitar a rapidez do progresso e postergam a realização. Aqueles que caem, caem não por causa dos ataques das forças vitais, mas porque eles mesmos se alinham com as forças hostis e preferem a ambição ou o desejo vital (cobiça, vaidade, luxúria, etc) ao avanço espiritual."


__Sri Aurobindo,
em “Letters on Yoga” Vol. 1

bela


Biblioteca municipal de Malmo, na Suécia.
Projeto do arquiteto dinamarquês Henning Larsen.
Deu vontade.