quarta-feira, 27 de novembro de 2013

dos passos


"Evitar o perigo não é, a longo prazo, mais seguro do que se expor a ele. A vida é uma aventura ousada ou não é nada."

__Helen Keller


an amazing place



lindo planeta.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

sábado, 9 de novembro de 2013

palavras

"Todo pensar é verbalização; você pensa em palavras. E a mente pode ser livre da palavra? Não diga: "Como eu sou para ser livre?" Isso não tem sentido. Mas coloque essa pergunta para si mesmo e veja como você é escravo das palavras, como Índia, Gita, Comunismo, Cristianismo, russos, americanos, ingleses, a casta abaixo de você e a casta acima de você. A palavra amor, a palavra Deus, a palavra meditação, que extraordinário significado temos dado a estas palavras e como temos sido escravos delas."

“All thinking is verbalization; you think in words. And can the mind be free of the word? Don't say, 'How am I to be free?' That has no meaning. But put that question to yourself and see how slavish you are to words like India, Gita, communism, Christian, Russian, American, English, the caste below you and the caste above you. The word love, the word God, the word meditation; what extraordinary significance we have given to these words and how slavish we are to them.”

Krishnamurti

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

a joruney

“We're all just walking each other home.” 

__Ram Dass

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

despropósitos do amor

"O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama 
o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente. Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca vai conhecê-las. 
Muito bem, façamos o nosso melhor." 

"Love is a form of prejudice. You love what you need, you love what makes you feel good, you love what is convenient. How can you say you love one person when there are ten thousand people in the world that you would love more if you ever met them? But you'll never meet them. All right, so we do the best we can."

Charles Bukowski 

quarta-feira, 6 de novembro de 2013