sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

o que o mundo precisa?

“Don’t ask what the world needs. 
Ask what makes you come alive and go do it. 
Because what this world needs are people 
who have come alive.” 

__Howard Thurman

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

equívocos

"Precisamos perceber que bem e mal representam um julgamento. Em vista da falsidade de todos os julgamentos humanos, não podemos acreditar que sempre julgaremos de modo correto. Podemos, com muita facilidade, ser vítimas de um julgamento equivocado."

Carl Jung, 
em "Memórias, Sonhos e Reflexões"

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

uma volta ao redor de casa



Vídeo produzido pelo American Museum of Natural History simulando uma viagem por todo o Universo conhecido partindo dos Himalaias.

bússola

"Mas em geral o indivíduo é de tal modo inconsciente que não percebe suas próprias possibilidades de decisão. Em vez disso, ele se envolve numa busca constante e ansiosa de regras e regulamentos externos que possam orientá-lo na sua perplexidade. Além da inadequação humana geral, grande parte da culpa por esse estado cabe à educação, que promulga as velhas generalizações e nada informa sobre os segredos da experiência pessoal."


Carl Jung,
em "Ao Encontro da Sombra", Cap. 35

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

inner worlds, outer worlds



"Quando a mente pensante se acalma, então você vê a realidade como ela é. Todos os aspectos reunidos. (...) o eu e o outro não estão separados." "Quando acorda de um sonho, compreende que tudo no sonho era você."

encontros

"Toda união entre as criaturas é essencialmente um reencontro consigo mesmo, uma fusão com aquele do qual nos separamos. É uma descoberta de si mesmo nos outros."

Sri Aurobindo

4 minutos pela Nova Zelândia

sábado, 22 de fevereiro de 2014

outono


Lindíssima árvore de outono.
A primeira foto da viagem.
Do outro lado, um mirante incrível pedia para respirar mais fundo, e mais devagar. Talvez simplesmente por ser o início, talvez por nos lembrar como o mundo era grande e o quanto ainda tínhamos que aprender.
Torre da Catedral de Lausanne, Suíça, 30 de setembro de 2011, 12:10

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

olhos vendados

“We pass through the present with our eyes blindfolded. We are permitted merely to sense and guess at what we are actually experiencing. Only later when the cloth is untied can we glance at the past and find out what we have experienced and what meaning it has.”

Milan Kundera,
in Laughable Loves

do pêndulo

"É bastante comum acharmos que a humildade é o outro extremo do orgulho, quando é, na realidade, uma situação de equilíbrio. O extremo oposto do orgulho é a falta de auto-estima. O humilde nada tem a ver com aquele que não consegue reconhecer e apreciar a si como parte das maravilhas deste mundo." 

__Nilton Bonder

pra começar todo dia

azul


sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

os clássicos #01 Vivaldi

Antonio Lucio Vivaldi



Vivaldi nasceu em Veneza, em 4 de março de 1678 e faleceu em Viena, em 28 de julho de 1741. Compositor e músico italiano do estilo barroco tardio, tinha a alcunha de il prete rosso ("o padre ruivo") por ser um sacerdote católico de cabelos ruivos. Compôs 770 obras, entre as quais 477 concertos e 46 óperas. É sobretudo conhecido popularmente como autor da série de concertos para violino e orquestra Le quattro stagioni ("As Quatro Estações").

Filho de Camilla Calicchio e Giovanni Battista, Vivaldi era o mais velho de sete irmãos. Seu pai, um barbeiro, mas também um talentoso violinista, ajudou-o a iniciar carreira no mundo da música, matriculando-o ainda pequeno na Capela Ducal de São Marcos para aperfeiçoar seus conhecimentos musicais e foi responsável pela sua admissão na orquestra da Basílica de São Marcos, onde se tornou o maior violinista do seu tempo. Em 1703, Vivaldi tornou-se padre.

Em 1704, foi-lhe dada dispensa da celebração da Santa Eucaristia devido à sua saúde fragilizada (aparentemente sofreria de asma), tendo-se voltado para o ensino de violino num orfanato de moças chamado Ospedale della Pietà em Veneza. Pouco tempo após a sua iniciação nestas novas funções, as crianças ganharam-lhe apreço e estima.Vivaldi compôs para elas a maioria dos seus concertos, cantatas e músicas sagradas.

via wikipedia


segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

tudo

"Face your life, its pain, its pleasure, 
leave no path untaken." 

Neil Gaiman, 
in The Graveyard Book

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

tá de bobeira?



Assiste isso, hilário.
A Fabi me fez dar gostosas risadas.
Os três competidores estão umas figuras, as músicas transportaram a bons velhos tempos e o Joseph Gordon Levitt tá uma graça (como sempre).

em volta

"A verdade mora no silêncio que existe 
em volta das palavras. " 

Rubem Alves

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

ela disse adeus



Let her get on with life.


terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

"Sometimes being a friend means mastering the art of timing. There is a time for silence. A time to let go and allow people to hurl themselves into their own destiny. And a time to prepare to pick up the pieces when it’s all over."


Gloria Naylor

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

witchcraft



Those fingers in my hair
That sly come hither stare
That strips my conscience bare
It's witchcraft.

(essa é sua, pai)

dois cafés, por favor.

 "Cafe de France", por Keith Pitman 

aqueles minutos sem compromisso depois do almoço.
sempre um prazer imenso.

domingo, 2 de fevereiro de 2014

tem que ver




Alabama Monroe (The Broken Circle Breakdown), lindo.